Serviços

"É fundamental para a nossa empresa que possamos agregar valor aos produtos dos nossos clientes.

Para isso, quando a semente chega a nós, realizamos cuidadosos testes de germinação e vigor em condições reais e em ambientes de condições controladas garantindo os parâmetros analisados. Medindo e comparando mudanças no crescimento das plântulas, é possível saber o potencial das sementes, visando determinar as condições de excelência de cada lote. Neste momento nossa equipe irá sugerir os procedimentos a serem aplicados para alcançar o máximo desse potencial" comenta o Gerente Comercial Claudio Mayer.

Beneficiamento

pic

- Sanitização: processo de desinfecção das sementes objetivando a remoção de fungos, bactérias e vírus. A remoção destes patógenos permite alcançar a máxima germinação e vigor possíveis.

- Calibração (upgrading): processo de classificação das sementes que toma como base características como: tamanho, peso e densidade. Auxilia na maximização da germinação e uniformidade do lote.

- Remoção de impurezas: objetiva a retirada de materiais indesejados misturados ao lote de sementes, sejam esses materiais inertes ou mesm o sementes de outras espécies.

Priming

pic

A tecnologia de priming é largamente utilizada em várias culturas visando uma germinação mais rápida e uniforme, melhor desempenho germinativo em áreas de maior amplitude térmica e também a quebra de dormências.

Os benefícios são vários, entre eles, a diminuição das perdas econômicas, aumento da homogeneidade do cultivo, facilitando também o manejo. A aplicação do priming chega a ser imprescindível em alguns casos como, por exemplo, a alface para plantio em áreas de alta temperatura.

Este tratamento pode, e às vezes deve, ser feito antes de outros procedimentos como encrustamento, peletização, film coating, entre outros, para maximizar o potencial da semente.

Peletização

pic

No processo de peletização, se transformam sementes nuas em pellets uniformes, redondos ou ovalados, aumentando o tamanho e o peso de cada unidade, permitindo assim o plantio em semeadoras de precisão. A camada de material que recobre a semente, não impede o livre acesso de oxigênio mantendo assim o poder germinativo.

Esse processo também permite que se agreguem aos pellets, tratamentos com agroquímicos. Estes podem ser usados em doses de acordo com a legislação, nas camadas mais externas do pellet. Desta maneira o produto não influencia na vida útil da semente sendo ativado somente na hora do plantio. Este processo reduz sensivelmente o uso de produtos químicos no campo oferecendo vantagens ambientais significativas e reduzindo o risco de patógenos externos no cultivo.

Os pellets podem ser do tipo “melting” ou “spliting”, e sua aplicação é decidida de acordo com a espécie ou necessidade.

Encrustamento

pic

Sementes de muitas espécies são naturalmente muito pequenas, deformadas ou com grandes intervalos de tamanho, tornando difícil seu manuseio em equipamentos mecanizados de semeadura.

O encrustamento aplica uma quantidade mínima de material para preencher formas e superfícies irregulares facilitando o plantio. Pode ser utilizado também para aumentar o tamanho e peso.

Film Coating

pic

O Film Coating é a aplicação de uma fina camada de polímero usado com diversas finalidades: aplicar ativos, eliminação de resíduos no manuseio das sementes, gerar fluidez nas semeadoras, identificar as sementes por cores, quando da aplicação de produtos agro químicos isolá-los do contato com o ser humano.

Laboratório - Análises de Sementes

pic

Estruturado, primeiramente, para atender a demanda interna de controle e garantia de qualidade das sementes beneficiadas pela Brasil Sementes, nosso Laboratório de Análises de Sementes estende agora seus serviços a empresas de sementes, produtores, comerciantes e agricultores.

Com equipe técnica qualificada, equipamentos modernos e estrutura adequada, realiza análises de germinação, pureza, vigor, tetrazólio, entre outras, seguindo a legislação vigente, tendo implantados os Sistemas de Gestão da Qualidade das normas NBR ISO/IEC 17025:2005 e NBR ISO 9001:2008.
Buscando avaliar e garantir os resultados das análises realizadas, participamos recentemente do Ensaio de Comparação Interlaboratorial promovido pela Rede Metrológica do RS, onde foi obtido 100% de conformidade.
O laboratório encontra-se credenciado junto ao RENASEM RS-03201/2013 no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e tem como Responsável Técnica a Eng.ª Agrônoma Denize Leite Frandoloso.